Os caçadores do mercado para seu produto perdido

Tempo de leitura: 3 minutos

Como Acontecia

Bom, geralmente começa com uma ideia de algo revolucionário que muita gente vai querer, que vai mudar o mundo, que vai resolver tudo e que no final vai te deixar rico.

Eu, como desenvolvedor, imagino fazer o sistema, as funcionalidades, as telas, achar um nome tesão e depois colocar no ar para todos usarem, então bombar e ter o mundo a meus pés.

Mas depois várias noites, semanas, meses, o sistema ta pronto, com alguns bugs, mas você colocou no ar, avisa os amigos, eles vão usando, mas não são base, então você gasta em marketing e trás gente do “mundo”, o povo usa mas não volta, não entendeu como funciona (pagar por aquilo então, nem você paga), o nome já não parece tão legal, o desanimo chega, quer mudar para ver se vai funcionar, mas da trabalho, deixar para depois e o projeto vai para gaveta (que precisa arrumar um espaço, pois tem vários velhos por lá).

Como Filosofia Startup

Sei que é difícil ensinar truque novo para cachorro velho. São varias coisa novas, e o que mais incomoda alguns (me incomodava muito) é o medo de queimar a cara, tipo você não testa não faz não coloca não vende porque tem medo do cliente ficar bravo, chateado, indignado, pois foi enganado pelo seu “teste”, ele não vai voltar, vai falar para todo mundo, seu negocio vai por água abaixo, então melhor esperar estar funcionando perfeitamente para isso não acontecer !?

Vamos lá, se você quer algo que acerte 1M de pessoas, os primeiros infelizmente podem sim ter esse sentimento, mas pelo menos você aprende com seus erros e melhora para os próximos, ou descobre já no incio que ninguém quer ou entende seu produto, entre outras coisas, melhor mesmo é conseguir atrair esse cliente “bravo” para ajudar você e melhorar. Feedback é essencial para avançar o negocio.

Teste muito e gaste pouco

Nesta linha que existem diversas técnicas, descritas dentro do Lean Startup, que são praticas para implementar essa “caçada”, tentando muitas vezes achar o caminho e principalmente gastando pouco nisso, pouco dinheiro, pouco tempo, pouco recurso, porque você vai fazer várias vezes. A ideia é minimizar o tempo dentro do loop, pular da ideia para o desenvolvimento e colocar no mercado para aprender então desenvolver mercado aprender, sucessivamente …

Há uma série de técnicas para testar e buscar isso, que vou comentar no futuro, Lean Startup, Bussines Model Canvas, Testes A/B, MVP, Continuous Deployment, Customer Discovery, Customer Validation, etc.

Mas para cada Startup o modelo para descoberta é diferente, o que é bom fazer sempre, seria imaginar como atender essa demanda mesmo sem software/produto.

Quer um exemplo? Tomates (moda da semana passada)

Pegando problema não atual: Imagino um software de preços de tomate, para as pessoas acharem o tomate mais barato e os mercados poderem vender o estoque de tomates parados. Antes do software, tente pegar os mercados com estoque parado e achar os compradores, no braço, ligando vendendo conversando, fazendo um post no facebook, uma página de blog para vender sua ideia, pense como atingir o cliente, sei la.

Se você achar esse mercado, se conseguir vender os tomates “manualmente”, já vai ter achado a melhor forma de começar a desenvolver o software/produto, ou vai descobrir que ninguém quer um software para preços de tomate, quem sabe para preços de pizzas de tomate?! então bora testar…

Estratégias de vendas online prontas.Saiba mais!

Estratégias de vendas online prontas.
Saiba mais!

Te ajudamos a automatizar seu marketing digital.

You have Successfully Subscribed!