Como um conceito bem definido pode guiar a sua empresa

Como um conceito bem definido pode guiar a sua empresa

Como um conceito bem definido pode guiar a sua empresa

Já pensou se a sua empresa tivesse uma personalidade? Como ela seria? Divertida ou séria? Criativa ou objetiva? Quando falamos de conceito da empresa, estamos falando da “cara” que o seu negócio tem no mercado, que vai ajudar a guiar a sua empresa em todas as suas áreas. Tem tudo a ver com brand persona, que já falamos aqui no blog.

Para te mostrar como o conceito da empresa pode fazer a diferença, trouxe um exemplo que acabei de tirar do forno, ou melhor, do freezer! Quem aí curte um sorvetinho?

Como um conceito bem definido pode guiar a sua empresa

Como um conceito bem definido pode guiar a sua empresa

Ben and Jerry’s: um conceito de sucesso

guiar a sua empresa - Ben and Jerry’s: um conceito de sucesso

Ben and Jerry’s: um conceito de sucesso.

Nos Estados Unidos, na década de 70, dois amigos resolveram que iam aprender a fazer sorvete. Ben Cohen e Jerry Greenfield fizeram um curso por correspondência (o que seria um EaD da época) e aprenderam a fazer a massa. Com o tempo, começaram a criar sabores mirabolantes, com pedaços inteiros de brownie, banana e castanhas no meio da massa. E assim nascia a Ben and Jerry’s.

Os sorvetes deliciosos de sabores exóticos com certeza são a marca registrada dessa dupla. Mas o conceito criado por trás é o que faz toda a diferença. A marca Ben and Jerry’s surgiu na época em que o movimento hippie despontava, o que influenciou muito os fundadores. O lema “paz e amor” está no coração da marca.

O conceito principal da Ben and Jerry’s é fazer com que a empresa seja um meio de tornar o mundo um lugar melhor, com altas doses de criatividade. Assim, a empresa busca equilibrar suas ações econômicas, sociais e de produtos para beneficiar todas as partes que são necessárias para fazer a B&J existir.

Mesmo que a marca seja hoje uma subsidiária da Unilever, existe um conselho administrativo que busca preservar o conceito da marca. A cadeia de produção e distribuição da B&J apoia pequenos produtores, o que ajuda na distribuição de renda e traz mais oportunidade para empresas menores. Além disso, a marca apoia causas como o comércio justo (fair trade) e se recusam a utilizar matéria-prima que possua qualquer coisa que deixe seu produto menos natural.

Como a criatividade faz parte do seu DNA, a B&J também tem ações que colocam isso em prática. A fábrica-conceito é um dos exemplos mais legais: uma das instalações da marca é aberta ao público, permitindo visitas-guiadas no estilo “Fantástica Fábrica de Chocolate”. Afinal, um dos lemas dos fundadores é: “Se não for divertido, por que fazer?”.

Com a história da Ben and Jerry’s, fica fácil de ver como o conceito da empresa orienta cada detalhe e ajuda você a tomar as melhores decisões para se manter coerente com aquilo que o seu público espera da sua empresa.

As pessoas por trás do conceito

guiar a sua empresa - As pessoas por trás do conceito

As pessoas por trás do conceito

Quando falamos sobre construir um conceito de empresa, automaticamente falamos sobre a equipe que vai colocar esse conceito em prática. Por quê isso é tão importante?

Os seus colaboradores serão o cartão de visitas da sua empresa. Principalmente os responsáveis por atendimento e vendas. De nada adianta você e sua equipe interna criarem um conceito lindo e ideias incríveis para a sua empresa, se a pessoa que atende seus clientes não transmitir isso de forma clara em cada atendimento. Os problemas que aparecerem em relação a isso podem ser gravíssimos.

Um exemplo de como isso é importante, é a falha que aconteceu recentemente com a Starbucks, a cafeteria queridinha do mundo. O conceito da Starbucks sempre foi oferecer atendimento personalizado, com espaços aconchegantes para todos que desejarem ter uma experiência bacana tomando cafés bem gostosos. Contudo, na Filadélfia houve um episódio em que a Starbucks foi acusada de racismo. Para tentar reparar o erro, a empresa investiu em treinamento, fechando mais 8 mil lojas por um dia inteiro, onde foram ministradas oficinas sobre “comportamento não discriminatório”.

A presença do conceito precisa ser reforçada a cada instante, desde os pequenos contatos com o cliente até as questões mais importantes. A Disney quer oferecer uma experiência de magia e diversão para todos que têm contato com a marca de alguma forma. Se você ligar para o SAC da Disney hoje, quem te atender provavelmente vai desejar “um dia mágico” ao final da ligação.

Um conceito bem definido ajuda a guiar todas as ações da sua empresa, desde a definição da equipe até a cadeia de produção. A sua empresa tem um conceito? Lembre-se de fazer pesquisas de satisfação com o seu público com frequência, para ver se tudo continua alinhado como você planejou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *