5 erros graves que todo empreendedor iniciante comete

Tempo de leitura: 6 minutos

Sabe quais são as duas palavras de honra de todo empreendedor?… Arriscar e Ousar. Por conta disso, muitos acabam assumindo grandes riscos. E eles são ainda mais evidentes quando falamos de empreendedores iniciantes.

Não crie planos que não poderão ou, pior, que não serão postos em prática, investir de maneira imprudente, não fazer um bom cálculo de gastos, tudo isso pode ser extremamente prejudicial para qualquer negócio.

O empreendedor iniciante
Os principais erros do empreendedor iniciante

É muito importante que o empreendedor iniciante estude e se planeje de maneira bem cautelosa para não cometer erros bastante frequentes.

Mas você sabe quais são eles? Sabe onde está o equívoco? Nas próximas linhas eu vou te ajudar a responder estas perguntas. Eu relacionei os erros mais graves, principalmente no que diz respeito ao uso das plataformas digitais.

Veja os 5 principais equívocos cometidos por empreendedor iniciante

1# – Não dar a devida atenção ao marketing digital

Já faz algum tempo que o marketing digital é praticado por diversas empresas, mas entre os empreendimentos de menor porte ele ainda é considerado novidade, ainda mais quando estamos falando do Brasil.

Muitos empreendimentos menores insistem em não dar a devida atenção para isso e acabam perdendo possibilidades interessantes de captação de clientes. Afinal, as mídias digitais são peças fundamentais no contato com o cliente, na fidelização e na atração de público–alvo.

Em uma empresa grande, já estabilizada, o marketing digital é importante, claro, mas o fato é que essa marca já consolidou seu nome; sendo conhecida no nicho ao qual pertence. Agora, pense quando falamos de uma empresa pequena, que ainda precisa ganhar popularidade para poder se igualar, em termos de competitividade a empresas mais conhecidas.

Empreendedor iniciante sem foco
A falta de atenção do empreendedor iniciante

Além disso, marketing digital também dá a chance de criar vínculo com clientes e mantê-los informados a respeito das ações e projetos que o seu negócio venha a desenvolver. Sem contar o fato de poder participar com sugestões e reclamações para melhorar a qualidade no atendimento e nos serviços prestados.

Por tudo isso, você pode ver que eu não estou falando de um trabalho facilmente resolvido por qualquer funcionário da empresa. Não se engane, pois a internet e as redes sociais são ferramentas com uma infinidade de recursos e somente profissionais com estudo na área de marketing, administração e demais assuntos relacionados são capazes de saber lidar com essa diversidade de acordo com cada ação e momento que a empresa tiver enfrentando.

Então, se você não possuir experiência na área, uma dica é contratar alguém que possa ajudá-lo com essas tarefas pois será fundamental para popularização do seu negócio e também ajudará a ganhar espaço diante das grandes empresas.

2# – Visar o dinheiro a qualquer custo

Pode até parecer uma visão um pouco romântica, afinal, é o dinheiro que vai sustentar o seu negócio. No entanto, é importante deixar claro que o lado financeiro não pode ser visto como a única coisa que importa.

Ao iniciar um empreendimento, é importante que o assunto em questão seja algo de seu interesse, algo que você domina.

Empreendedor iniciante sem orçamento
O empreendedor iniciante não deve focar apenas no dinheiro

Acreditar que só o fato de ser algo rentável vá ser suficiente, acaba sendo algo tão ingênuo quanto pensar que o dinheiro é secundário. É preciso aliar um bom planejamento financeiro à informação e conhecimento a respeito do seu negócio. Dessa combinação nascem os grandes empreendimentos.

Quando eu falo de boas informações sobre o seu negócio, eu me refiro aos seguintes aspectos: um bom estudo do público-alvo, dos produtos oferecidos pelos principais concorrentes, enfim, de tudo que tiver relação com o seu empreendimento, seja direta ou indiretamente.

Dessa forma, você, enquanto empreendedor, será guiado por uma relação qualitativa com o negócio e não quantitativa.

3# – Investir sem conhecimento

Um bom investimento necessita de um bom conhecimento das bases teóricas e mercadológicas do negócio, algo que eu mencionei anteriormente. Também já citei a necessidade de um bom planejamento, mas é preciso de um item específico para falar a respeito disso.

Pequenos empreendimentos, muitas vezes, acabam crescendo de maneira muito rápida e sem uma boa base, apenas porque atendiam a uma demanda momentânea de um público-alvo significativo. Naturalmente, esse tipo de negócio também pode vir a quebrar com a mesma rapidez com que cresceu.

Esse é um erro muito comum e assombra micro e pequenas empresas quase que diariamente.

Empreendedor iniciante sem conhecimento
O empreendedor iniciante deve ter cuidado para não investir sem conhecimento

Estar preparado para tudo é função de todo pequeno empreendedor. É preciso se atualizar e estar sempre estudando para conseguir sustentar seu negócio.

Se ele conseguiu crescer a partir de uma boa ideia e que supriu uma necessidade do público-alvo, será importante tentar desenvolver outros planejamentos a partir dessa mesma ideia, formas de continuar crescendo para que, quando já não for mais uma novidade, a empresa não acabe sendo atropelada pela concorrência.

O mercado exige que micros e pequenos empreendedores estejam sempre procurando se atualizar com novas tendências e, assim, “dançar conforme a música”.

4# – Desconhecer o andamento da empresa

Outro erro bem comum e, assim como os outros, igualmente complexo.

Outra grande ingenuidade é acreditar que o seu negócio vai se tocar sozinho, apenas porque você conta com bons funcionários.

Todo empreendedor que se preza deve conhecer minuciosamente o andamento do seu negócio, desde a linha de produção até as estratégias de venda. Absolutamente tudo.

O andamento do empreendedor iniciante
Empreendedor iniciante, não se esqueça da sua empresa

Claro que o negócio não pode ser totalmente dependente de suas ações. Ele precisa ter condições de caminhar sozinho, mas nem por isso você deve deixar de se informar e estar presente sempre que possível.

O ideal é que ele possa fluir sem você, obviamente não com frequência. Afinal, é o seu dinheiro que está em jogo.

5# – Não lidar com críticas

Lembra-se do que falamos no item 1#, sobre a necessidade de criar meios de comunicação para que o seu público-alvo também possa participar e sugerir?

Pois então, não basta só ouvir as críticas, é preciso saber trabalhar com elas. Ainda mais quando você é iniciante, é preciso que você tenha a humildade de saber ouvir e mudar aquilo que não está no caminho certo.

Claro que não são todas as críticas que são proveitosas, mas saber filtrar e utilizar aquelas que o são é fundamental.

E aí, você achou que os 5 principais erros de todo empreendedor iniciante neste artigo foram capazes de ensinar a você um pouco mais sobre as melhores táticas para não errar? Não deixe de comentar a sua opinião logo abaixo, vou curtir pra caramba receber o seu feedback.

Estratégias de vendas online prontas.Saiba mais!

Estratégias de vendas online prontas.
Saiba mais!

Te ajudamos a automatizar seu marketing digital.

You have Successfully Subscribed!