Marketing e Vendas: 4 dicas para manter a sincronia entre os setores da empresa

Marketing e Vendas: 4 dicas para manter a sincronia entre os setores da empresa

Sincronia entre marketting e vendas

Sincronia entre marketting e vendas

Se você já teve a oportunidade de assistir a apresentação de uma orquestra, você presenciou um espetáculo cheio de detalhes e sincronia. Ali, cada instrumento musical, desde o mais simples ao mais complexo, tem o seu papel bem definido e a magia só acontece quando todos estão devidamente sincronizados.

Trazendo essa imagem para uma empresa, a gente vê que o contexto não é muito diferente. Se trocarmos os instrumentos pelos setores internos, podemos perceber que os objetivos só serão alcançados se todos estiverem tocando no mesmo tom. O gestor será o maestro, que conduzirá as ações para que as metas sejam atingidas.

Dentro dessa ideia de orquestra, hoje vamos falar um pouquinho sobre dois departamentos essenciais da empresa: marketing e vendas. Primeiro vamos entender o que cada departamento faz e depois vou dar algumas dicas para te ajudar a alinhar os dois setores.

O que fazem os setores de marketing e vendas?

Os departamentos de marketing e vendas são complementares. Um não funciona sem o outro. O departamento de vendas, como o próprio nome já diz, fica encarregado de organizar e coloca em prática as ações de vendas propriamente ditas.

O que fazem os setores de marketing e vendas?

O que fazem os setores de marketing e vendas?

São das vendas que vem a receita da empresa, então precisa de muita atenção para potencializar as ações. Para isso, existe o departamento de marketing. Esse departamento é responsável por pesquisar e entender o mercado, trazer o máximo de informação dos clientes para poder planejar as ações de desenvolvimento de produtos, o posicionamento desse produto no mercado para potencializar sua venda.

O que acontece muitas vezes é que esses departamentos acabam focando em suas atividades sem perceber a complementaridade que existe, o que prejudica a empresa. Para você não cair nessa cilada, vou passar algumas dicas para melhorar o alinhamento desses setores.

Dicas para integrar os setores de marketing e vendas

1. Cliente em primeiro lugar

No fim das contas, qual é o objetivo dos produtos e serviços que criamos e colocamos no mercado? Se o seu objetivo não for atender necessidades de pessoas e resolver problemas reais, pode ser que seja muito difícil a sua empresa deslanchar. Conhecer o público é um dos elementos chave para que a empresa caminhe para o sucesso.

Ter uma boa base de informações sobre o cliente e disseminar isso entre os departamentos é uma boa forma de começar a criar o alinhamento entre os setores. Afinal, entender e atender às necessidades será o objetivo comum entre toda a empresa. Esse será o tom que vai reger a orquestra. Todos os colaboradores precisam ter consciência de quem são as pessoas alcançadas pelos produtos e serviços da empresa.

2. Comunicação é fundamental

Os músicos da orquestra não vão conseguir tocar a mesma música se não tiverem acesso aos acordes e às notas musicais a serem tocadas. Da mesma forma, não é possível alinhar os departamentos de marketing e vendas se a comunicação entre eles for ruim.

Um bom caminho é começar a fazer reuniões integrando as equipes, mas reuniões rápidas e com um objetivo claro. Assim, os colaboradores vão começar a entender melhor o papel de cada um dentro da empresa e saberão com quem falar para resolver problemas específicos.

Qualificação das equipes

Qualificação das equipes

3. Qualificação das equipes

Equipes bem qualificadas já é meio caminho andado para conseguir melhorar os processos na sua empresa. Por isso, outra dica bacana é promover treinamentos que envolvam os colaboradores das áreas de marketing e vendas.

Esses treinamentos podem ser desde uma maratona de dois dias em imersão até uma palestra mais simples. O importante é juntar os colaboradores para falar de pontos importantes para as duas áreas.

Ao caminharem mais próximos, os setores irão perceber que existem muitos problemas comuns, que podem ser resolvidos conjuntamente. Durante os treinamentos pode ser uma boa oportunidade de colocar a galera para pensar em soluções que ajudem os dois lados.

4. Atenção no processo seletivo

Quando for selecionar seus colaboradores, tenha bastante cuidado com os aspectos comportamentais dos seus futuros colegas de trabalho. Isso muitas vezes pode passar batido na entrevista, principalmente se o currículo da pessoa for bom.

Por essas e outras, é importante ter um profissional de psicologia no departamento de recursos humanos, para auxiliar na identificação de aspectos que podem ser problemáticos e que possam gerar conflitos entre os setores no decorrer do tempo.

Orquestrar uma empresa é uma tarefa desafiadora. Mas acredito que essas dicas podem te ajudar a reduzir os possíveis conflitos e potencializar suas ações para alcançar o sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *